Felipe Melo diz que Grealish é «desrespeitador»: «Ninguém vai cantar de galo» - TVI

Felipe Melo diz que Grealish é «desrespeitador»: «Ninguém vai cantar de galo»

Manchester City-Fluminense

O internacional brasileiro explicou a confusão com o inglês e com Kyle Walker após a final do Mundial de Clubes entre Fluminense e Man. City

Relacionados

Felipe Melo teceu críticas à atitude de Jack Grealish durante a final do Mundial de Clubes entre Fluminense e Manchester City e explicou o motivo da confusão que se gerou após o apito final.

«Desculpem as palavras fortes, mas já estou a ouvir muitos idiotas a dizerem asneiras. Não comecei confusão nenhuma. Simplesmente fui defender o Martinelli. Aquele Grealish é um desrespeitador. Joga na seleção, é um grande jogador, mas é desrespeitador. Começou a gritar "olé" no final e os nossos jogadores ficaram irritados. Quando acabou o jogo, o Grealish foi para cima do Martinelli e quando viu o Felipe Melo chegar, fez-se de vítima», começou por dizer aos jornalistas, na zona mista do estádio em Jeddah, Arábia Saudita.

«Já fizemos grandes jogos. Ganhámos por 10-0 na Sul-americana no ano passado e este ano, vencemos o nosso maior rival por 4-1, vencemos por cinco golos um dos maiores clubes do mundo, o River, e vencemos o Boca Juniors sem perder o respeito. O mínimo que têm de fazer é mostrar respeito. Se defender os meus companheiros, a instituição que represento é um mau exemplo, vou fazer isso para sempre. Ninguém vai faltar ao respeito à instituição onde estou ou aos meus colegas nem ninguém vai cantar de galo», acrescentou o internacional brasileiro. 

Felipe Melo esclareceu ainda que foi «para cima de Grealish» e que lhe deu um empurrão, sendo depois empurrado por Kyle Walker. «Fui para cima deles para defender um colega meu», sublinhou.

De resto, Jack Grealish já negou, através das redes sociais, que tenha dito "olé" durante o jogo. 
 

Continue a ler esta notícia

Relacionados