Cromo do dia: dedicou-se à matemática, competiu no xadrez e é fã de Iniesta - TVI

Cromo do dia: dedicou-se à matemática, competiu no xadrez e é fã de Iniesta

Victoria Pelova e Ana Borges no Países Baixos-Portugal do Europeu 2022 (AP/Jon Super)

Victoria Pelova defrontou Portugal na primeira jornada e experimentou vários desportos ao longo do seu percurso

Relacionados

A neerlandesa Victoria Pelova é a «cromo do dia» do Mundial feminino, uma rubrica diária do Maisfutebol, para acompanhar ao longo da fase final da competição que está a decorrer na Austrália e na Nova Zelândia.

Tem 24 anos, é uma das esperanças do presente e do futuro do futebol dos Países Baixos e tem um percurso de muito desporto e também de estudos.

Victoria Pelova, uma talentosa número 10 e também ala, joga no Arsenal e foi titular pelos Países Baixos ante Portugal, na primeira jornada do Mundial 2023.

Nesta altura, faz carreira no futebol, mas o seu percurso conta com várias modalidades. Ao longo dos seus anos na escola, destacou-se a jogar ténis, no snowboard e jogou mesmo xadrez de competição. Com 11 anos, participou no campeonato nacional de xadrez neerlandês: terminou a meio da tabela, mas venceu o eventual campeão.

Em paralelo, Pelova assinala a sua inteligência pelo currículo ligado aos estudos. É que, enquanto jogava no Ajax (representou o clube de 2019 a 2022), estudou matemática em Delft.

Pelova tem como fã Andrés Iniesta, puramente porque ama o seu estilo de drible.

Quando se mudou a meio da época 2022/23 para o Arsenal, ficou em casa da compatriota, colega de seleção e de clube, Vivianne Miedema, enquanto encontrava a sua residência própria. «É engraçado porque cuidávamos uma da outra. Eu ajudei a Viv devido à lesão dela, porque ela não conseguia fazer coisas simples como um chá», contou.

Este perfil foi escrito no âmbito da Guardian Experts' Network, que tem o Maisfutebol como representante português.

Continue a ler esta notícia

Relacionados