«Ronaldo, quero ser a tua nora»: o pedido de Marie na chegada a Marienfeld - TVI

«Ronaldo, quero ser a tua nora»: o pedido de Marie na chegada a Marienfeld

Marie adepta portuguesa na Alemanha (Foto: Maisfutebol)

Seleção portuguesa recebida com entusiasmo pelos adeptos portugueses na Alemanha

Relacionados

A diáspora portuguesa na Alemanha mobilizou-se em peso para a receção à Seleção Nacional, na antecâmara do Euro 2024, realizado no país da Europa Central. A comitiva aterrou pelas 19h30 locais (menos uma hora em Lisboa) e, à saída do aeroporto de Munster, encontrou um mar verde e vermelho.

Os rateres dos 300 motards portugueses que esperavam o autocarro soavam, como que aquecendo os motores do entusiasmo nacional com este Europeu. Quando o veículo saiu do aeroporto, as motas iniciaram uma espécie de escolta que irá até ao quartel-general da Seleção, em Marienfeld.

Muitos outros adeptos portugueses estavam à espera da seleção, apeados junto ao hotel. Entre eles, a pequena Marie, de dez anos. Chamava a atenção pela mensagem que se lia no cartaz que empunhava: «Ronaldo, quero ser a tua nora. Dá-me um autógrafo». 

A mãe de Marie é alemã, os avós são portugueses. É oriunda de uma cidade a cerca de 40 quilómetros de Marienfeld e frequenta a escola de português. A criança, de 10 anos, conta ao Maisfutebol que a ideia do cartaz foi do avô. 

«A ideia foi do meu avô. Fiz o cartaz porque quero conseguir um autógrafo do Cristiano Ronaldo», contou, algo tímida.

Vítor Lopes estava ao lado da neta, vestido com a camisola do Benfica. Está emigrado na Alemanha desde os 13 anos, mas nunca perdeu a ligação à terra-natal. Em 2006, durante o Mundial, também organizado na Alemanha, esteve em Marienfeld para receber a seleção.

Junto ao hotel, ninguém arreda pé apesar de os pés e as pernas estarem doridos. Tudo para ver os craques nacionais.

 

Continue a ler esta notícia

Relacionados