Ataque do Azerbaijão ao Nagorno-Karabakh já fez pelo menos 200 mortos e mais de 400 feridos - TVI

Ataque do Azerbaijão ao Nagorno-Karabakh já fez pelo menos 200 mortos e mais de 400 feridos

  • CNN Portugal
  • 20 set 2023, 19:33
Prédio danificado após um ataque das forças do Azerbaijão à cidade de Stepanakert, Nagorno-Karabakh (AP)

Das cerca de 200 vítimas mortais, 10 são civis, cinco dos quais crianças.

A ofensiva que o Azerbaijão lançou à região do Nagorno-Karabakh já fez pelo menos 200 mortos e mais de 400 feridos.

Os números foram avançados pela provedoria dos direitos humanos da autoproclamada República de Artsakh, que administrava a região povoada por cerca de 120 mil arménios.

Das cerca de 200 vítimas mortais, 10 são civis, cinco das quais crianças.

Esta quarta-feira ficou também marcada pelas primeiras palavras do presidente do Azerbaijão, Ilham Aliyev, sobre o ataque lançado ao Nagorno-Karabakh.

O líder azeri celebrou o facto de o país ter recuperado a soberania sobre todo o seu território, e ofereceu aos arménios da região a integração pacífica no território, prometendo um esforço de reconciliação e desenvolvimento com vista a tornar a região num “paraíso”.

Ilham Aliyev assegurou que não tinha nada contra os arménios do Karabakh, classificando-os como cidadãos de pleno direto do Azerbaijão, e que o conflito é apenas com a sua liderança separatista“criminosa”.

Aliyev expressou também o seu apreço pela postura do governo da Arménia, que não interveio na “operação” realizada por Baku. O líder do Azerbaijão afirma que estas ações melhoram as perspetivas de uma paz duradoura na região.

Continue a ler esta notícia