Pelo menos cinco migrantes mortos em naufrágio ao largo das ilhas gregas - TVI

Pelo menos cinco migrantes mortos em naufrágio ao largo das ilhas gregas

  • Agência Lusa
  • AM
  • 29 ago 2023, 07:24
Lesbos (AP)

Guarda costeira realizou o resgate em águas turcas

Pelo menos cinco migrantes morreram na segunda-feira, num naufrágio ao largo das ilhas gregas, disseram as autoridades da Grécia.

A guarda costeira grega disse que quatro pessoas morreram e 18 foram socorridas, depois de um barco que transportava migrantes se ter afundado a nordeste da ilha grega de Lesbos, situada perto da costa da Turquia.

O porta-voz do governo da Grécia, Pavlos Marinakis, disse que as quatro vítimas eram crianças, com idades entre os 11 meses e os 14 anos.

O ministro da Marinha Mercante da Grécia, Miltiadis Varvitsiotis, disse que a guarda costeira realizou o resgate em águas turcas.

Os sobreviventes foram levados para Mitilene, o principal porto da ilha de Lesbos, onde duas pessoas foram transferidas para um hospital local.

A Grécia tem sido um ponto de entrada preferido na UE para pessoas que fogem de conflitos ou da pobreza no Médio Oriente, em África e na Ásia e procuram uma vida melhor na Europa.

Mais de 15.600 pessoas chegaram à Grécia por terra e mar este ano, de acordo com os últimos números da ONU. Quase 12 mil deles chegaram por mar, incluindo cinco mil que chegaram a Lesbos.

As chegadas à Grécia representam cerca de um décimo do total de travessias bem-sucedidas do Mediterrâneo este ano, a maioria das quais – cerca de 113 mil – foi para Itália.

Continue a ler esta notícia