Descida do IRS para os recibos verdes e salários mais baixos - TVI

Descida do IRS para os recibos verdes e salários mais baixos

  • CNN Portugal
  • 10 out 2023, 07:33
António Costa e Fernando Medina (Lusa/Tiago Petinga)

REVISTA DE IMPRENSA || Governo vai anunciar hoje a redução do imposto sobre o rendimento, que será mais profunda do que o primeiro-ministro prenunciara.

As informações não são ainda oficiais, mas a proposta do Orçamento do Estado para 2024 – que o governo vai apresentar esta terça-feira – irá mesmo trazer uma descida mais pronunciada do IRS, que deverá incluir os recibos verdes e os salários mais baixos.

O jornal Eco tinha já avançado que o governo estava a preparar uma descida das taxas de IRS: “IRS desce com atualização dos escalões e mexidas nas taxas, ordenado mínimo continuará isento do imposto, salários da Função Pública sobem pelo menos 3% e pensões avançam 6,5%”, avançara o jornal de economia.

Esta terça de manhã, há mais informações sobre descidas. O Correio da Manhã quantifica que as descidas serão “entre 1,25 e 3,5 pontos percentuais” e irão até ao 5º escalão de IRS, o que significa que todos os salários até cerca de dois mil euros brutos irão pagar menos IRS e, portanto, ter aumentos do salário líquidos.

Já o Jornal de Notícias revela que os trabalhadores independentes (a recibos verdes) também serão abrangidos pela descida de impostos, aproximando-se dos do regime geral.

Também os mais jovens têm medidas de redução de IRS. E haverá medidas específicas para a habitação.

Acompanha na CNN Portugal o especial Orçamento do Estado ao longo de toda esta terça-feira, com o impacto das medidas, as explicações e a análise.

 

Continue a ler esta notícia