Leitura do acórdão da bastonária da Ordem dos Enfermeiros adiada - TVI

Leitura do acórdão da bastonária da Ordem dos Enfermeiros adiada

Ana Rita Cavaco

Em causa estão crimes de desobediência e injúrias agravadas

A leitura do acórdão da bastonária da Ordem dos Enfermeiros, que estava prevista para esta sexta-feira, foi adiada. Em causa está a leitura da sentença de Ana Rita Cavaco pelos crimes de desobediência e injúrias agravadas, por alegadamente ter tentado impedir uma sindicância ordenada pelo Ministério da Saúde à Ordem dos Enfermeiros.

A bastonária dos enfermeiros e outros três arguidos, nomeadamente Jorge Baltasar, Alexandre Oliveira e Luís Barreira foram acusados de, alegadamente, recusarem colaborar com a sindicância da Inspeção-Geral de Atividades em Saúde (IGAS). 

Em causa, estão duas idas de inspetores à Ordem dos Enfermeiros, nos dias 8 e 13 de maio de 2019. Ana Rita Cavaco alegou que aquela ação inspetiva tinha "uma motivação política", supostamente baseada nas divergências públicas entre o organismo e a até então ministra da Saúde, Marta Temido. 

Continue a ler esta notícia