O Presidente da República teve um encontro com o Papa Francisco esta quinta-feira pela manhã, antes do funeral de Bento XVI, na Cidade do Vaticano, disse à agência Lusa uma fonte da Presidência.

O encontro de Marcelo Rebelo de Sousa com o Papa Francisco aconteceu no Vaticano, antes do início das cerimónias fúnebres do Papa Bento XVI.

Cerca das 11:30, o Presidente português já estava de regresso a Lisboa.

Cerca de 50 mil pessoas assistiram na Praça de São Pedro ao funeral do Papa emérito Bento XVI, presididas pelo Papa Francisco. Nestas cerimónias, o Estado português foi representado pelo Presidente e pela ministra da Justiça, Catarina Sarmento e Castro.

Joseph Ratzinger, que foi Papa entre 2005 e 2013, nasceu em 1927 em Marktl am Inn, na diocese alemã de Passau, tornando-se no primeiro alemão a chefiar a Igreja Católica em muitos séculos e um representante da linha mais dogmática da Igreja.

A primeira vez que Marcelo Rebelo de Sousa e o Papa Francisco se encontraram foi em março de 2016, após a posse como Presidente da República, naquela que foi a sua primeira deslocação oficial ao estrangeiro.

O segundo momento em que Marcelo Rebelo de Sousa esteve com o Papa ocorreu em 2017, durante uma visita de 24 horas de Francisco a Fátima, no âmbito do centenário dos acontecimentos na Cova da Iria, e para canonizar os beatos Francisco e Jacinta Marto.

Já em 26 de janeiro de 2019, o Presidente português conversou com Francisco na missa que o papa presidiu na Cidade do Panamá, no âmbito da Jornada Mundial da Juventude, e na qual Marcelo Rebelo de Sousa participou, concretizando-se o terceiro momento em que os dois chefes de Estado estiveram.

E, em março de 2021, após ser eleito para um segundo mandato presidencial, Marcelo Rebelo de Sousa voltou ao Vaticano para uma audiência privada com o papa Francisco.

/ MJC