Pelo menos 10 crianças morreram afogadas no Paquistão durante viagem escolar - TVI

Pelo menos 10 crianças morreram afogadas no Paquistão durante viagem escolar

  • Agência Lusa
  • MJC
  • 29 jan 2023, 10:20
Bandeira do Paquistão (AP)

O barco que transportava os alunos virou-se na barragem de Tanda

Dez crianças, com idades entre os 7 e os 14 anos, morreram hoje afogadas num lago do Paquistão, durante uma viagem escolar na qual participavam cerca de três dezenas de alunos de uma escola corânica. O barco que transportava os alunos virou-se na barragem de Tanda.

A notícia foi avançada pela polícia local que, segundo a agência de notícias France Presse (AFP), revelou estar em curso uma operação de salvamento no lago da barragem de Tanda, na província de Khyber Pakhtunkhwa, para tentar resgatar as cerca de 30 crianças que participavam numa viagem escolar.

Até ao momento, tinham sido salvas 11 crianças, seis das quais em estado grave, que foram transportadas para o hispital. Há ainda algumas desaparecidas.

De acordo com a AFP, “os afogamentos em massa são comuns no Paquistão, onde embarcações sobrelotadas e sobrecarregadas podem perder o equilíbrio, causando a queda de passageiros”.

Muitos paquistaneses não sabem nadar, especialmente as mulheres, que são desencorajadas pelos costumes conservadores do seu país, além disso, os seus trajes de corpo inteiro também acabam por tornar mais difícil nadar, uma vez que ficam muito pesados quando ficam molhados.

Em julho, 18 mulheres afogaram-se quando um barco se afundou no rio Indus, na província de Punjab, durante a celebração de um casamento.

Continue a ler esta notícia