Samuel Barata e Susana Godinho garantem mínimos olímpicos - TVI

Samuel Barata e Susana Godinho garantem mínimos olímpicos

Samuel Barata e Susana Godinho garantiram mínimos para os Jogos Olímpicos (foto COP)

Maratona de Valência proporcionou mais duas vagas para o atletismo português nos próximos Jogos Olímpicos

Relacionados

Samuel Barata e Susana Godinho tornaram-se este domingo, na Maratona de Valência, os mais recentes portugueses a assegurar mínimos para as provas de atletismo dos Jogos Olímpicos Paris2024, aumentando para seis o número de atletas lusos naquele desporto.

Samuel Barata terminou a corrida espanhola em 02:07.35 horas, que lhe valeu um 22.º lugar, enquanto Susana Godinho foi 24.ª na elite feminina, em 02:25.35, assegurando um recorde pessoal.

Desta forma, são já 23 lugares de apuramento para as cores portuguesas, embora, no atletismo, com o ranking a dar 50 por cento das vagas e as restantes a serem ocupadas por atletas com mínimos, só a 30 de junho de 2024 se saberá a lista definitiva de apurados.

Contudo, também Auriol Dongmo (lançamento do peso), Isaac Nader (1.500 metros), João Coelho (400 metros) e Ana Cabecinha (20 quilómetros marcha) já alcançaram a marca de qualificação exigida pela World Athletics.

A última disciplina a garantir a presença em Paris2024 tinha sido a ginástica de trampolins, depois de Pedro Ferreira e Gabriel Albuquerque terem alcançado a final de trampolim individual masculino dos Campeonatos do Mundo de ginástica.

Apesar de estar representado por dois ginastas na final em Birmingham, em Inglaterra, Portugal teve apenas direito a uma quota para os Jogos Paris2024, uma vez que os oito finalistas dos concursos masculino e feminino asseguravam um lugar para o país, com a limitação de uma vaga por nação.

Continue a ler esta notícia

Relacionados