Pedrógão Grande: Relação reduz pena de prisão ao ex-presidente da Câmara - TVI

Pedrógão Grande: Relação reduz pena de prisão ao ex-presidente da Câmara

  • Agência Lusa
  • DCT
  • 7 fev, 16:31
O ex-presidente da Câmara Municipal de Pedrógão Grande, Valdemar Alves (C), acompanhado pela sua mulher (D), à saída do Tribunal de Leiria onde foi hoje condenado na pena única de sete anos de prisão, no processo relacionado com a reconstrução de casas após os incêndios de junho de 2017, em Leiria

A decisão foi tomada no âmbito do recurso ao acórdão da primeira instância que condenou, há cerca de dois anos, o autarca

O Tribunal da Relação de Coimbra decidiu esta quarta-feira reduzir a pena de prisão do antigo presidente da Câmara de Pedrógão Grande, Valdemar Alves, de sete para cinco anos de prisão, sendo esta suspensa na sua execução pelo mesmo período.

Em segunda instância, Valdemar Alves foi condenado pela prática de um crime de prevaricação sob a forma continuada e um crime de burla qualificada sob a forma continuada, perfazendo uma pena única de cinco anos de prisão, suspensa na sua execução pelo mesmo período.

A decisão foi tomada no âmbito do recurso ao acórdão da primeira instância que condenou, há cerca de dois anos, o autarca e outros 13 arguidos em processo relacionado com a reconstrução de casas após os incêndios de junho de 2017, em Pedrógão Grande.

Continue a ler esta notícia