Crescimento do PIB da zona euro abranda para 0,5% e o da UE para 0,4% no 2.º semestre - TVI

Crescimento do PIB da zona euro abranda para 0,5% e o da UE para 0,4% no 2.º semestre

  • Agência Lusa
  • BC
  • 7 set 2023, 10:19
Preços nos supermercados portugueses (Pedro Fiúza/Getty Images)

No primeiro trimestre, o PIB tinha avançado 0,1% na zona euro e 0,2% na UE

O crescimento da economia da zona euro abrandou para 0,5% no segundo trimestre e a da União Europeia (UE) para 0,4%, face aos 1,1% em ambas no período homólogo, segundo dados esta quinta-feira divulgados pelo Eurostat.

O serviço estatístico europeu reviu em baixa os dados avançados numa estimativa rápida de agosto para o Produto Interno Bruto (PIB) da zona euro e da UE (respetivamente 0,6% e 0,5%).

Na variação em cadeia, o PIB dos países da moeda única cresceu uns ligeiros 0,1% (menos do que os 0,3% previstos em agosto) e o do conjunto dos 27 Estados-membros manteve-se estável face aos primeiros três meses do ano.

No primeiro trimestre, o PIB tinha avançado 0,1% na zona euro e 0,2% na UE.

Malta (3,9%), Grécia e Roménia (2,7% cada) e Croácia (2,5%) foram os Estados-membros que apresentaram os maiores avanços homólogos do PIB, enquanto as economias da Estónia (-3,0%), Hungria (-2,3%) Polónia (-1,4%) foram as que mais recuaram entre abril e junho.

Na comparação com os primeiros três meses do ano, a Lituânia (2,9%), a Eslovénia (1,4%) e a Grécia (1,3%) apresentaram as maiores subidas do PIB, com a Polónia (-2,2%), a Suécia (-0,8%) e a Áustria (-0,7%) a terem as principais quebras.

Em Portugal, o PIB avançou 2,3% na variação homóloga e manteve-se estável na comparação em cadeia.

Continue a ler esta notícia