Detidos dois suspeitos de atear incêndio florestal em Albergaria - TVI

Detidos dois suspeitos de atear incêndio florestal em Albergaria

  • Agência Lusa
  • FG
  • 10 ago 2023, 10:23
Incêndio em Odemira 8/8/23 (Luís Forra/Lusa)

As atuações dos detidos foram efetuadas sem qualquer motivação racional aparente e num quadro de “extrema futilidade”

Relacionados

A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro deteve dois homens, de 17 e 30 anos, suspeitos de terem ateado um incêndio florestal há cerca de um mês em Albergaria-a-Velha, num quadro de "extrema futilidade", informou esta quinta-feira aquele órgão de polícia criminal.

Em comunicado, a PJ esclarece que procedeu à detenção de dois presumíveis autores dos crimes de incêndio florestal, que ocorreram no passado dia 7 de junho, na freguesia do Sobreiro, em Albergaria-a-Velha.

Segundo a Judiciária, os incêndios tiveram início através de chama direta, em quatro locais distintos, na vegetação existente, estando em causa uma mancha florestal de “enorme tamanho e densidade, com muitas habitações e instalações industriais próximas”.

“Nenhum dos incêndios teve consequências de maior, graças à pronta deteção por populares e ao combate rapidamente encetado pelas corporações de bombeiros”, refere a mesma nota.

De acordo com a investigação, as atuações dos detidos foram efetuadas sem qualquer motivação racional aparente e num quadro de “extrema futilidade”.

Os suspeitos, que foram detidos com a colaboração da GNR, foram presentes a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhes sido aplicadas as medidas de coação de obrigação de apresentações diárias em posto policial e de proibição de contactos.

Continue a ler esta notícia

Relacionados