Já há uma pessoa acusada na tentativa de assassínio do primeiro-ministro eslovaco - TVI

Já há uma pessoa acusada na tentativa de assassínio do primeiro-ministro eslovaco

  • CNN Portugal
  • Notícia atualizada às 13:04
  • 16 mai, 12:57
Equipa de emergência leva o primeiro-ministro eslovaco, Robert Fico, para um hospital na cidade de Banská Bystrica, no centro da Eslováquia, depois de ter sido baleado. (Jan Kroslak/TASR via AP)

Ministro do Interior eslovaco, que avança com a informação,não especificou a identidade do suspeito, mas as autoridades identificaram, ainda na quarta-feira, no local do crime, um homem de 71 anos que foi detido

A polícia eslovaca acusou um homem de ligação com a tentativa de homicídio do primeiro-ministro Robert Fico. A informação foi avançada pelo ministro do Interior do país, Matus Sutaj Estok, esta quinta-feira.

Matus Sutaj Estok não especificou a identidade do suspeito, mas as autoridades identificaram, ainda na quarta-feira, no local do crime, um homem de 71 anos que foi detido. 

O estado de saúde do primeiro-ministro eslovaco, Robert Fico, é estável, mas mantém-se em estado "muito grave", após ter sido baleado na quarta-feira, disseram o vice-primeiro-ministro e uma fonte hospitalar.

“Esta noite, os médicos conseguiram estabilizar a condição do paciente. Infelizmente, o estado continua muito grave, porque as lesões são complicadas”, disse vice-primeiro-ministro, que é também ministro da Defesa, Robert Kalinak.

Também um funcionário hospitalar disse esta quinta-feira que Robert Fico, está estável, mas em estado grave.

“Os médicos continuam a tratar Robert Fico na tentativa de melhorar a sua condição”, disse Robert Kalinak, aos jornalistas junto ao hospital em Banska Bystrica.

Roberto Fico, de 59 anos, foi atingido no estômago por vários tiros, disparados junto da Casa da Cultura, na cidade de Handlova, localizada a cerca de 150 quilómetros a nordeste da capital.

A polícia isolou o local e o suspeito foi detido.

O autor dos disparos contra Fico, detido ainda no local do crime, é um homem de 71 anos, natural da cidade de Levice, no sudeste do país, que foi detido pela polícia no local do ataque, segundo os meios de comunicação eslovacos.

Continue a ler esta notícia