Proteção Civil vai ter aplicação móvel e nova página na Internet - TVI

Proteção Civil vai ter aplicação móvel e nova página na Internet

  • Agência Lusa
  • CF
  • 4 abr 2023, 19:41
Imagem de arquivo

Entidade não avançou com datas de lançamento para as plataformas, que pretende "modernizar a presença digital" e oferecer ao utilizador uma forma "mais rápida e melhor" de aceder à informação

Os canais digitais da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) vão ser modernizados com o lançamento de uma nova página na Internet e de uma aplicação para dispositivos móveis, anunciou esta terça-feira a ANEPC. 

A nova página, anunciada durante a celebração do 16.º aniversário da ANEPC, irá estar disponível no endereço (www.prociv.gov.pt), contará com áreas de acesso customizáveis e centrar-se-á, segundo a técnica da ANEPC Catarina Costa Roque, no objetivo de tornar mais “fluida e consistente” a experiência de navegação do utilizador.

De acordo com Catarina Costa Roque, os novos canais pretendem “modernizar a presença digital da proteção civil”, oferecendo ao utilizador uma forma “mais rápida e melhor” de aceder à informação da Proteção Civil e universalizar a comunicação entre a autoridade e os cidadãos. 

Segundo a responsável, o novo sítio na Internet terá funcionalidades que notificarão automaticamente os utilizadores de avisos à população e que permitirão consultar informações em tempo real sobre ocorrências em curso. 

O ‘site’ terá disponíveis várias áreas onde o utilizador poderá aceder a, por exemplo, títulos publicados pela ANEPC, avisos à população, notícias e eventos, informação sobre a legislação nacional e comunicados de imprensa. 

A ANEPC oferecerá ainda ferramentas de acessibilidade de modo a que os utilizadores com necessidades especiais possam alterar as suas funções da página na linha para que se adaptem às suas necessidades. 

Foi ainda anunciada uma aplicação móvel que seguirá os mesmos moldes do ‘site’ e que estará brevemente disponível para descarregar nas lojas digitais da Google e da Apple. 

A entidade não avançou com datas de lançamento para as plataformas.

Continue a ler esta notícia