Amigo de Putin construiu-lhe uma mansão de 3 milhões mas o presidente russo rejeitou-a porque não gosta de pescar na Finlândia - TVI

Amigo de Putin construiu-lhe uma mansão de 3 milhões mas o presidente russo rejeitou-a porque não gosta de pescar na Finlândia

  • CNN Portugal
  • HCL
  • 22 mai 2023, 17:21
Fachada da mansão

Mansão foi criada por um amigo de Putin dos tempos da universidade com o objetivo de seduzir o presidente da Rússia com a beleza natural do Golfo da Finlândia

O presidente russo, Vladimir Putin, é o proprietário de uma luxuosa mansão na Finlândia, avaliada em vários milhões de euros, mas parece altamente improvável que alguma vez venha a desfrutar dela. Não só porque há um mandado de detenção do Tribunal Penal Internacional que pode ser aplicado caso Putin entre no território nórdico, mas também porque, aparentemente, o presidente russo não é fã de pescar na Finlândia.

Situada nas margens do lago Saimaa, no sudeste da Finlândia, esta casa de férias foi construída para Putin por um amigo próximo, com um custo de cerca de 3 milhões de euros, com o objetivo de o presidente russo tirar férias para ir pescar. A informação foi apurada pelo The Insider, uma agência noticiosa russa independente.

A mansão tem três andares e inclui uma adega, uma garagem subterrânea, uma sauna, uma piscina privada, uma sala de bilhar, um escritório e oito casas de banho.

Contudo, a vivenda está inacabada e adornada atualmente por andaimes, pilhas de materiais de construção, azulejos, escada, cabos, frigoríficos e uma banheira por instalar. Segundo o The Insider, a construção enfrentou inúmeros obstáculos, como o abandono constante de trabalhadores devido à falta de pagamento de salários e más condições de trabalho. Além disso, alguns trabalhadores finlandeses recusaram-se a contribuir para o projecto.

Todo este projeto, iniciado em 2017, foi desenhado e financiado por Viktor Khmarin, antigo colega de Putin na Universidade Estatal de Leninegrado e atual diretor-geral da hidroelétrica RusHydro. Khmarin, de acordo com o The Insider, é um frequente companheiro de Putin a assistir a bailes e a combates de luta livre. 

Viktor Khmarin, amigo próximo de Putin e diretor-geral da da hidroelétrica RusHydro/ D.R

A construção da casa teve como objetivo seduzir Putin a passar mais tempo com Khmarin - e esse esforço levou-o a gastar 480 mil euros no edifício principal, 192 mil numa casa de segurança e mais de 380 mil euros em materiais de construção e despesas adicionais com pontes de madeira, caminhos, uma casa de pesca e outras comodidades.

Esta mansão inacabada está situada perto da Villa Segren, uma propriedade no Golfo da Finlândia que o líder da oposição russa, Alexei Navalny, afirmou ser utilizada por Putin como retiro de férias.

Mas o projeto de sedução acabou por se virar contra Khmarin depois de o presidente russo ter alegadamente perdido o interesse no projeto e ter dito que não gostava de pescar na Finlândia. Depois de não ter conseguido encontrar um comprador, Khmarin acabou por assumir  o projeto como uma perda financeira, de acordo com The Insider, que cita fontes próximas do Kremlin.

Continue a ler esta notícia