Rodrygo: «Para mim, o Manchester City é a melhor equipa do mundo» - TVI

Rodrygo: «Para mim, o Manchester City é a melhor equipa do mundo»

Champions: Man. City-Real Madrid (AP Photo/Dave Shopland)

Avançado do Real Madrid confessou que os ingleses eram «melhores», apesar de terem conseguido triunfar nos «quartos» da Liga dos Campeões

Relacionados

Rodrygo, uma das principais referências no ataque do Real Madrid, deu uma entrevista à GQ, poucos dias antes da final da Liga dos Campeões, frente ao Dortmund, onde falou sobre vários temas, entre eles o legado dos merengues na maior competição do mundo.

«Diz-se que o Real Madrid nunca perde finais e espero que volte a acontecer. Sempre vi o Real Madrid a vencer todas as finais e espero que continue assim. Eu digo sempre que uma final é 50/50. Claro que, por sermos o Real Madrid, colocam-nos como favoritos, mas para mim ainda é 50/50», começou por dizer o futebolista brasileiro.

Numa hipotética escala de zero a dez, Rodrygo confessou que tem «mil de vontade» em vencer esta Liga dos Campeões e juntar o troféu àquele que já tem no palmarés, depois de vencerem o Liverpool na final de 2021/22.

«Já ganhei uma Liga dos Campeões e estou muito feliz com isso, mas quero mais, quero muito mais. Os meus colegas mais velhos são malucos. Nacho, Modric e Carvajal... eles estão lá há muitos anos e ainda querem vencer como no primeiro dia», contou.

Sobre a caminhada até à final, eliminando o Leipzig (2-1), o Manchester City (5-4) e o Bayern Munique (4-3), o avançado brasileiro admitiu que a equipa de Pep Guardiola foi o adversário mais complicado, mas que a final com o Dortmund «também será muito difícil».

«Para ser sincero, sabíamos que eles eram melhores. Para mim é a melhor equipa do mundo (Man. City), aquela que joga melhor futebol. Acho que o rival mais difícil já se foi, mas isso não significa que agora será fácil vencer a final. Com o Bayern foi muito difícil e com o Dortmund também será muito difícil», destacou.

Por fim, em tom de brincadeira, o internacional brasileiro afirmou que não é só no futebol que tem qualidade, mas também no skate, desporto que praticava com os amigos na rua e onde apresentava uma habilidade «marcante».

Continue a ler esta notícia

Relacionados