Rússia diz que intercetou no Mar Báltico dois bombardeiros norte-americanos com capacidade nuclear - TVI

Rússia diz que intercetou no Mar Báltico dois bombardeiros norte-americanos com capacidade nuclear

  • CNN Portugal
  • 21 mar 2023, 12:12
Avião de combate russo Su-35 (DR: Força Aérea russa)

“Nenhuma violação da fronteira da Federação Russa será permitida”, garantiu o Ministério da Defesa do Kremlin

O Ministério da Defesa russo diz que na segunda-feira intercetou dois bombardeiros norte-americanos B-52H com capacidade nuclear que sobrevoavam o Mar Báltico.

Al Jazeera cita um comunicado do Ministério, que explica que um avião de combate russo Su-35 foi enviado para o Báltico depois de os radares terem detetado dois bombardeiros estratégicos dos Estados Unidos a voarem na direção da fronteira russa. Pouco depois, os aviões americanos afastaram-se e o caça voltou à base.

A agência de notícias estatal russa TASS disse que o Centro de Controle de Defesa Nacional do Ministério da Defesa da Rússia identificou os dois aviões dos EUA como bombardeiros estratégicos B-52H. O caça Su-35 foi enviado para evitar “uma violação da fronteira do estado” pelas aeronaves dos EUA, disse o Ministério, acrescentando que o Su-35 atuou estritamente de acordo com a lei aérea internacional.

“Nenhuma violação da fronteira da Federação Russa será permitida”, garantiu o Ministério.

O incidente desta segunda-feira acontece depois de um outro incidente diplomático na semana passada com a queda de um drone de vigilância dos EUA no Mar Negro, depois de ter sido intercetado por dois caças russos, naquele que foi o primeiro contacto militar direto entre a Rússia e os EUA desde que a Rússia invadiu Ucrânia em fevereiro do ano passado.

Continue a ler esta notícia