Já foi a sede de um banco, agora são 24 apartamentos de luxo de milhões de euros - TVI

Já foi a sede de um banco, agora são 24 apartamentos de luxo de milhões de euros

  • ECO - Parceiro CNN Portugal
  • Patrícia Abreu
  • 2 fev, 15:14
BPI (ECO)

O Edifício Tenente Valadim, que em 1981 foi a primeira sucursal do BPI, vai dar lugar a 24 apartamentos de luxo no Porto. Os preços de venda variam entre os 470 mil euros e os 2,75 milhões de euros

A primeira e antiga sede do BPI junto à Avenida da Boavista, no Porto, vai dar lugar a um novo empreendimento residencial de luxo na cidade. Promovido pela Quintela e Penalva | Knight Frank, o projeto ArtHouse Boavista vai contar com 24 apartamentos, com tipologias de T1 a T4 e preços que começam nos 470 mil euros e vão até 2,75 milhões de euros.

O novo projeto imobiliário vai nascer no Edifício Tenente Valadim, que em 1981 foi a primeira sucursal do BPI (Banco Português de Investimento). Este foi o primeiro banco privado a surgir depois do 25 de Abril em 1974 e contava com cerca de uma centena de entidades privadas portuguesas, que eram detentoras de 77,5% do capital social.

O novo projeto de imobiliário de luxo vai nascer na Avenida da Boavista, na antiga sede do BPI

Em pleno coração da Boavista, no Porto, numa zona privilegiada da cidade, com todos os acessos rodoviários e com todo o tipo de comércio e serviços, indica a empresa em comunicado, o novo projeto irá contar com 24 apartamentos distribuídos por cinco pisos, com tipologias T1, T2, T2 Duplex, T3 e T4.

“Todos os apartamentos têm estacionamento e acesso a um conjunto de amenities exclusivas, serviço de concierge 24h, um elegante lounge, sala de vinhos, biblioteca, sala de cinema, ginásio, espaço de cowork e sala para crianças”, refere ainda.

O projeto, cuja arquitetura ficou a cargo da arquiteta Rosário Rodrigues, enquanto o design de interior ficou entregue a Carla Guilherme, tem preços de venda que variam entre os 470 mil euros e os 2.750 mil euros.

Continue a ler esta notícia

EM DESTAQUE