Um cidadão estrangeiro de 43 anos procurado em Itália há mais de oito anos por tráfico de droga foi detido no sábado no aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, adiantou este domingo o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) em comunicado.

“O SEF deteve, ontem, no Aeroporto Humberto Delgado, um cidadão estrangeiro, de 43 anos, sob o qual pendia um mandado de captura e detenção europeu emitido por Itália pela prática de crimes relacionados com tráfico de estupefacientes. O passageiro, procurado pelas autoridades italianas há mais de oito anos, foi detetado no decurso de um controlo documental realizado junto à porta de desembarque, fazendo uso de uma “carta de identitá italiana” que levantou suspeitas de fraude”, adiantou o SEF.

De acordo com o comunicado, “uma análise pormenorizada” por peritos do SEF permitiu concluir que o documento de identificação “era contrafeito”, mas “apesar disso, o cidadão continuou a declarar ser a pessoa cuja identidade se encontrava no documento fraudulento apresentado”.,

Segundo o SEF, a investigação que se seguiu revelou a verdadeira identidade do detido, assim como a existência de um “mandado de captura e detenção para efeitos de extradição” que pendia sobre o suspeito.

“A comunicação com as autoridades italianas foi facilitada pelo facto de se encontrar a trabalhar com o SEF, no Aeroporto de Lisboa, um perito italiano da Frontex [Agência da União Europeia para controlo de fronteiras] que, de imediato, estabeleceu contactos com os seus serviços em Itália”, adianta ainda o comunicado.

O suspeito vai ser presente na segunda-feira ao Tribunal da Relação de Lisboa para primeiro interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação.

/ AG