Euro sub-17: João Santos aponta à «alma lusitana» para atingir final - TVI

Euro sub-17: João Santos aponta à «alma lusitana» para atingir final

João Santos, selecionador nacional de sub-17 (Piaras Ó Mídheach - Sportsfile/Getty)

Selecionador nacional criticou ineficácia, mas realçou o talento dos seus pupilos. Por sua vez, Felicíssimo apelou ao foco para as meias-finais

Relacionados

No rescaldo do triunfo sobre a Polónia (2-1), a contar para os quartos de final do Europeu sub-17, João Santos realçou o controlo da seleção nacional, mas ressalvou a ineficácia.

«Foi com alma, coração e qualidade. Foi esse o princípio. Cumprimos o plano de jogo. Foi pena não concretizar mais, pode ser que fique para a meia-final», começou por dizer, ao Canal 11.

Na perspetiva do selecionador, os seus pupilos provaram o valor aclamado, individualmente e coletivamente.

«Podemos lutar contra qualquer equipa. Os jogadores foram um bocadinho tristes para o intervalo, pelo golo contrário, mas acredito muito neles», acrescentou.

Questionado sobre a Sérvia, adversária nas meias-finais, João Santos realçou a «alma lusitana» do grupo, apesar de ter menos um dia de descanso. Por fim, garantiu que a ausência de Geovany Quenda (castigado), não impedirá Portugal de vencer.

«A equipa foi consistente e dominámos»

Por sua vez, Eduardo Felicíssimo, autor do primeiro golo, ao sexto minuto, sublinhou a consistência e domínio português.

«Sabíamos que este jogo ia ser muito difícil, mas encarámos da melhor forma. A equipa foi consistente e dominámos. Estou contente pela equipa, mas agora devemos pensar no próximo jogo», rematou o médio.

No Chipre, Portugal medirá forças com a Sérvia na tarde de domingo (16h).

 

Continue a ler esta notícia

Relacionados