Sonae Sierra fechou 2023 com 228 novas lojas e taxa de ocupação de 97,8% - TVI

Sonae Sierra fechou 2023 com 228 novas lojas e taxa de ocupação de 97,8%

  • ECO - Parceiro CNN Portugal
  • Fátima Castro
  • 6 fev, 07:25
Norteshopping (ECO)

No segmento premium, a Sierra conseguiu atrair para o Norte Shopping marcas como Calvin Klein, Otro e Lindt. Levou para o Colombo a maior loja da JD, Nike, Vans, The North Face e New Balance

Relacionados

A Sonae Sierra reforçou o posicionamento dos seus ativos sob gestão e fechou, no ano passado, 228 novos contratos com lojistas, o que representa um aumento de 17% em relação ao ano anterior, e uma taxa de ocupação de 97,8%, correspondendo a uma área bruta locável de 31 mil metros quadrados.

“O contínuo aperfeiçoamento e adaptação da oferta comercial ajustada às atuais necessidades dos consumidores vem comprovar uma resposta de sucesso da empresa às novas tendências de mercado e continua a merecer o reconhecimento e a confiança das marcas mais relevantes a operar no mercado português, com a renovação de contratos de 443 lojas que perfazem um total de 91 mil metros quadrados de área bruta locável, tanto em ativos de uso misto e centros comerciais, como em mercados urbanos alimentares“, realça a Sierra em comunicado.

A Sonae Sierra conseguiu atrair para o Centro Colombo a JD (que abriu a maior loja do país com cerca de 1.200 metros quadrados), a Nike, Vans, The North Face e New Balance. No segmento premium, o Norte Shopping contou com a inauguração da perfumaria de luxo OTRO, da Calvin Klein, da Lindt e também da marca espanhola Hoff.

Entre as inaugurações, a Sonae Sierra destaca a chegada da primeira loja da Pepco a Portugal, mais concretamente no Coimbra Retail Park e posteriormente com a expansão de mais duas lojas, no Algarve Retail Park e Nova Arcada. A acrescentar à lista, a Sonae Sierra assumiu a gestão do Fórum Barreiro que vai ter uma Loja do Cidadão.

“A Sierra tem procurado, ano após ano, trabalhar na procura de mais e melhores soluções que nos ajudem a desenvolver e a aperfeiçoar os ativos sob gestão, para que estes possam dar uma resposta cada vez mais adequada às novas tendências de consumo, ao mesmo tempo que criam valor acrescentado para os nossos clientes”, afirma Alberto Bravo, diretor de property management da Sierra para Portugal e Espanha, citado em comunicado.

Alberto Bravo, diretor de property management da Sierra para Portugal e EspanhaSonae Sierra

Alberto Bravo realça que o “sucesso passa pela integração de novas lojas e novos conceitos, para fazer face aos diferentes contextos comerciais e tipos de retalho e os resultados de 2023 comprovam que continuamos no caminho certo”.

Uma das apostas da Sierra em 2023 passou sobretudo pelo reforço da sua oferta nos ativos sob gestão, assim como novos projetos, especialmente na Área Metropolitana de Lisboa, com destaque para o empreendimento Prata Riverside Village, que irá contar com uma loja da Sierra Móveis, marca brasileira de móveis e objetos de decoração exclusivos, e brevemente o restaurante japonês Subenshi, que chega pela primeira vez a Lisboa. Ainda na zona de Lisboa, o World Trade Center irá receber o seu primeiro espaço de restauração, o Rúcula e a loja especializada em padel, o Padel Nuestro.

Com projetos realizados em mais de 35 países, a Sonae Sierra gere atualmente cerca de oito mil milhões de euros em ativos.

Continue a ler esta notícia

Relacionados