Sp. Braga apresenta resultado positivo de 20 milhões de euros em 2022/23 - TVI

Sp. Braga apresenta resultado positivo de 20 milhões de euros em 2022/23

Moreirense-Sp. Braga (Lusa/Manuel Fernando Araújo)

SAD bracarense registou o valor mais alto de rendimentos mais alto da história do clube, assim como o valor dos capitais próprios positivos

Relacionados

O Sp. Braga divulgou esta quinta-feira o relatório e contas relativos à época 2022/23, na qual os bracarenses ficaram no terceiro lugar da Liga.

Na nota, a SAD do emblema de Braga começa por informar que obteve um «resultado líquido positivo de 20,377 milhões de euros», o segundo resultado mais alto da história do clube.

Número mais alto de sempre registou-se no total de rendimentos, os quais foram de «aproximadamente 78 milhões de euros».

«Neste âmbito, os rendimentos operacionais (excluindo operações com direitos de atletas) atingiram os 27,380 Milhões de Euros, sendo alcançados valores recorde em diversos segmentos de atividade da Sociedade, nomeadamente, corporate, merchandising e publicidade. Os rendimentos líquidos obtidos em operações com direitos de atletas ascenderam a 49,821 Milhões de Euros, essencialmente resultantes das vendas dos atletas ″made in Cidade Desportiva″ David Carmo e Vitinha, naquelas que foram, respetivamente, a cifra mais elevada praticada na transferência de um atleta profissional entre duas equipas portuguesas e a venda (e mais-valia) de maior valor alguma vez atingida pela Braga SAD desde a sua fundação», lê-se, no documento.

Os gastos operacionais, que não incluem «operações com direitos de atletas», subiram para 45,201 milhões de euros, decorrentes principalmente do «crescimento das rubricas de fornecimentos e serviços externos, gastos com pessoal e provisões».

«As remunerações do pessoal ascenderam a 17,453 Milhões de Euros, ao que acresceram prémios de desempenho (3,858 Milhões de Euros), encargos sobre remunerações (1,709 Milhões de Euros), seguros de acidentes de trabalho (2,528 Milhões de Euros), entre outros (2,175 Milhões de Euros). Estes valores incluem todos os gastos inerentes aos atletas, treinadores e staff que compõem as equipas da Braga SAD, nomeadamente formação (sub-15, sub-16, sub-17 e sub-19), equipa sub-23, equipa B e equipa principal, e demais colaboradores», explica o Sp. Braga.

O ativo da SAD do Sp. Braga é neste momento 118,623 milhões de euros – crescimento de 30 por cento face ao exercício anterior –, ao passo que o passivo aumentou em 6,785 milhões de euros (14 por cento), para um total de 55,960 milhões. Para isso, muito contribuíram as contratações de Joe Mendes, Serdar Saatci, Sikou Niakaté, Simon Banza e Victor Gomez – 9,800 milhões de euros – e o investimento na nova Cidade Desportiva dos guerreiros, cujo investimento foi de 11,245 milhões de euros.

Por último, importa referir que a SAD do Sp. Braga terminou a época 2022/23 com capitais próprios positivos de 62,663 milhões de euros, o maior valor de sempre da sociedade.

Continue a ler esta notícia

Relacionados