Palhinha: «Amorim? Acredito que vá chegar a um patamar superior» - TVI

Palhinha: «Amorim? Acredito que vá chegar a um patamar superior»

João Palhinha em conferência de imprensa da seleção (RODRIGO ANTUNES/Lusa)

Médio do Fulham admite que mudança do técnico do Sporting para Inglaterra seria um enorme desafio e compara estilo de jogo dos leões com o Bayer Leverkusen, de Xabi Alonso

Relacionados

João Palhinha acredita que Ruben Amorim está pronto para dar um passo em frente na carreira e o Liverpool tem sido apontado como possível destino para o técnico do Sporting.

Em entrevista ao «Daily Mail», o médio do Fulham diz não ter dúvidas de que caso Amorim assuma o comando técnico dos «reds», todos vão gostar da sua personalidade. Palhinha afirma que substituir Jurgen Klopp é um enorme desafio, mas acredita que o treinador de 39 anos está habituado a esse tipo de pressão.

«Se o Ruben Amorim assinar pelo Liverpool, não tenho dúvidas de que vão gostar da personalidade dele. Acho que é uma excelente opção para suceder ao Klopp, mas não se sabe o que vai acontecer. Parece-me óbvio que vai chegar a um patamar superior a certo ponto na carreira», considera.

«Não podemos comparar a cem por cento o Sporting com um clube de topo mundial como é o Liverpool, mas também existe uma grande pressão ao treinar um «grande» em Portugal. Se tivesse de comparar as equipas do Ruben com alguma, provavelmente seria o Bayer Leverkusen do Xabi Alonso, pela forma como gostam de ter posse de bola», acrescenta.

João Palhinha abordou ainda a transferência falhada para o Bayern Munique, no mercado de inverno. Garante que não se deixou afetar pelo que aconteceu e afirma que vai continuar a trabalhar «para que apareça outra oportunidade semelhante».

«Claro que todo o processo teve impacto, mas consegui virar o foco para o que realmente interessava. Se esta oportunidade apareceu, vou continuar a trabalhar para que outra surja na minha vida. Ainda assim, se aparecer, muito bem, caso não apareça, então vou continuar a dar o máximo no Fulham. Sempre senti o apoio dos adeptos e se não trabalhar, é difícil aparecer qualquer proposta», conclui o médio.

Esta época, João Palhinha soma 33 jogos pelos «cottagers», com um total de uma assistência e quatro golos apontados até ao momento.

Continue a ler esta notícia

Relacionados