A empresa sueca de distribuição online de música, Spotify, anunciou que vai despedir cerca de 6% dos seus funcionários, o que significa a demissão de perto de 600 pessoas. 

"Em retrospetiva, vejo que fui ambicioso demais em investir antes do crescimento da nossa receita. E, por esse motivo, hoje estamos a reduzir a nossa base de funcionários em cerca de seis por cento em toda a empresa", disse o CEO do Spotify, Daniel Ek, no blog oficial da empresa.

"Assumo total responsabilidade pelos movimentos que nos trouxeram até aqui hoje", admitiu, explicando que haverá também algumas mudanças nos procedimentos para tornar a empresa mais eficiente.

A Spotify Technology junta-se assim a outras gigantes da tecnologia, como a Apple, Google, Microsoft e Amazon, que também estão a reduzir o número de funcionários.

Em outubro, o Spotify, que tem cerca de 9.800 funcionários, demitiu 38 empregados dos seus estúdios de podcast Gimlet Media e Parcast. 

CNN Portugal / MJC