JMJ: supermercados e lojas de conveniência de Lisboa podem funcionar 24 horas - TVI

JMJ: supermercados e lojas de conveniência de Lisboa podem funcionar 24 horas

  • Agência Lusa
  • FG
  • 19 jul 2023, 18:39
Supermercado Mercadona (imagem Getty)

Com a ressalva de não poderem vender bebidas alcoólicas após as 00:00

Relacionados

Os supermercados e lojas de conveniência de Lisboa vão poder funcionar 24 horas por dia durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), mas impedidos de vender álcool a partir da meia-noite, segundo um despacho da Câmara Municipal.

De acordo com o despacho, publicado no Boletim Municipal, haverá um “alargamento excecional de horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais inseridos nos grupos V (lojas de conveniência) e VI (minimercados, supermercados e hipermercados) durante a JMJ, entre 1 e 6 de agosto.

“Como consequência da elevada afluência, estima-se uma forte procura por estabelecimentos de restauração e retalho alimentar para responder à necessidade de alimentação destes jovens, sendo essencial assegurar a cabal resposta por parte daqueles estabelecimentos”, pode ler-se nos considerandos do documento.

Assim, durante a JMJ, aqueles estabelecimentos comerciais estão autorizados a funcionar durante 24 horas, com a ressalva de não poderem vender bebidas alcoólicas após as 00:00.

Esta medida não se aplica “aos estabelecimentos que estejam, à data, sob restrição definitiva de horário”, lê-se no despacho.

Segundo o regulamento de horários de funcionamento dos estabelecimentos de venda ao público e de prestação de serviços no concelho de Lisboa, em vigor, as lojas de conveniência podem funcionar entre as 06:00 e as 22:00 e os minimercados, supermercados e hipermercados entre as 06:00 e as 24:00, todos os dias da semana.

Contactada pela agência Lusa, fonte da cadeia de retalho Continente indicou que vai alargar o horário de algumas lojas na região de Lisboa, entre 31 de julho e 06 de agosto, "face ao previsto aumento de fluxo de clientes durante a Jornada Mundial da Juventude.

Ainda assim, nos dias da JMJ, o Continente recomenda "que os clientes façam uma gestão dos horários por forma a evitarem as horas de maior afluência às lojas", adiantando que os horários de abertura das lojas estão disponíveis e atualizados no 'site' da marca ou no Google Maps.

Por sua vez, o Pingo Doce identificou 130 lojas nas quais, durante a JMJ, irá reforçar ‘stocks’ e equipa, tendo ainda flexibilidade “para alargar o horário” em alguns dos espaços.

Mais de um milhão de pessoas são esperadas em Lisboa para a JMJ, com a presença do Papa Francisco, de 1 a 6 de agosto.

As principais cerimónias da jornada decorrem no Parque Tejo, a norte do Parque das Nações, na margem ribeirinha do Tejo, em terrenos dos concelhos de Lisboa e Loures, e no Parque Eduardo VII, no centro da capital.

Continue a ler esta notícia

Relacionados