A Polícia Judiciária (PJ) apreendeu na quarta-feira em Albufeira, no Algarve, um total de 1,2 toneladas de cocaína e deteve seis homens de várias nacionalidades por suspeitas de tráfico de droga, foi hoje divulgado.

Em comunicado, a PJ adianta que o grupo - cujos elementos têm idades entre os 24 e os 62 anos e são oriundos de diferentes países, nomeadamente, do Brasil, Croácia, Itália e Portugal -, foram detidos em flagrante delito, tendo sido ainda apreendida uma viatura pesada utilizada para o transporte da droga.

“Procedeu-se à apreensão da viatura pesada utilizada no transporte do produto estupefaciente, equipamentos de comunicação, elevados montantes em dinheiro, documentos e outros objetos, com relevante interesse para a prova dos factos em investigação”, lê-se na nota.

Segundo a PJ, o grupo criminoso é suspeito da “introdução de grandes quantidades de cocaína no mercado europeu” e será agora presente a primeiro interrogatório judicial.

A direção do inquérito está a cargo do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), em Lisboa.

A PJ remeteu mais esclarecimentos sobre o caso para uma conferência de imprensa na diretoria do Sul, em Faro, às 12:00.

/ BC