Último dia de JMJ: veja quais as restrições de mobilidade para este domingo - TVI

Último dia de JMJ: veja quais as restrições de mobilidade para este domingo

  • Agência Lusa
  • JGR
  • 5 ago 2023, 23:00
Trânsito

A Jornada Mundial da Juventude está prestes a chegar ao fim, mas o último dia ainda será marcado pelos fortes constrangimentos no trânsito na capital

O último dia da visita do Papa a Portugal obriga a isolamentos, cortes e desvios de trânsito no Parque das Nações e nas avenidas junto ao Passeio Marítimo de Algés, onde Francisco se vai reunir com voluntários da JMJ.

No âmbito da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), continuarão os condicionamentos de trânsito no domingo, com final previsto para as 19:00, nas zonas em redor do Parque das Nações, Sacavém e Santa Iria de Azoia.

A circulação no Itinerário Complementar 2 (IC2) e nos respetivos ramais de acesso volta a estar interdita ao trânsito devido às cerimónias no Parque Tejo, em Lisboa, onde às 09:00 o Papa Francisco presidirá à missa de Envio.

Na Avenida Infante Dom Henrique (sentido Sul/Norte, após o viaduto sobre a Avenida de Berlim), o trânsito será impedido de aceder ao Túnel da Praça José Queirós.

A PSP informa que a Alameda dos Oceanos e Avenida Dom João II estarão sujeitas “a fortes congestionamentos”, existindo cortes de trânsito em várias artérias cuja circulação se faça em direção a estas vias.

Devido à deslocação do Papa Francisco, pelas 16:30, ao Passeio Marítimo de Algés para um encontro com os voluntários da JMJ estão previstos, entre as 07:00 e as 19:00, “isolamentos, cortes e desvios de trânsito” nas avenidas da Índia, da Torre de Belém, Dom Vasco da Gama e de Brasília.

A partir das 10:00 está ainda previsto a redução inicial da via da esquerda da CRIL, sentido Norte-Sul, corte na circulação da rotunda de Algés para várias artérias, Avenida Brasília e Avenida Dr. Alfredo Magalhães Ramalho.

A partir das 15:30 está previsto o isolamento total da CRIL, no sentido Norte-Sul, após a saída para Miraflores, refere a PSP, acrescentando que a reabertura só será efetuada após a saída de todo os participantes no evento.

Segundo a PSP, o Papa Francisco irá fazer um percurso, com cerca de 2.130 metros, pelo interior de Miraflores, percorrendo algumas das artérias principais, como a Avenida General Norton de Matos e Avenida dos Bombeiros Voluntários, que culminará no Passeio Marítimo de Algés.

Nas imediações do recinto, estão previstos cortes e condicionamentos de trânsito à circulação automóvel na Avenida Marginal (EN 6), em ambos os sentidos desde o nó com a Nacional 6-3 (Alto da Boa Viagem) até à Avenida da Índia, com desvio, nessa avenida, para a Rua Damião de Góis.

A PSP indica que para os condicionamentos e cortes existem em alternativa à Avenida Marginal, no sentido Lisboa-Cascais, a Avenida D. Vasco da Gama, A5, EN 6-3, A5 e A9.

A PSP sugere aos peregrinos que irão participar no evento ou que pretendam deslocar-se a algum dos locais afetados pela JMJ que privilegiem os transportes públicos.

Continue a ler esta notícia