Esqueleto de um T-rex vendido por quase cinco milhões de euros - TVI

Esqueleto de um T-rex vendido por quase cinco milhões de euros

  • Agência Lusa
  • AM
  • 19 abr 2023, 07:03
T-Rex Trinity (EPA)

Valor ficou aquém do preço esperado

Quase 300 ossos do Tyrannosaurus rex desenterrados de três locais nos Estados Unidos, e reunidos num único esqueleto, foram vendidos na terça-feira por quase cinco milhões de euros num leilão na Suíça, valor aquém do preço esperado.

Feito numa pose de boca aberta, o esqueleto do T-rex, com 11,6 metros de comprimento e 3,9 metros de altura, foi vendido por 4,8 milhões de francos suícos na casa de leilões Koller em Zurique, ficando abaixo dos 5 milhões a 8 milhões de francos esperados para o negócio.

O esqueleto de T-rex, chamado 'Trinity', foi construído a partir de ossos recuperados de três locais nas formações Hell Creek e Lance Creek de Montana e Wyoming, entre 2008 e 2013.

No leilão foi exposto o crânio junto à mesa do leiloeiro e, segundo a casa de leilões, trata-se de peça "particularmente rara" e muito bem preservada, compreendendo o “material ósseo original” mais da metade do esqueleto restaurado.

“Pode ser por isso que os puristas não o aceitaram”, disse o diretor de marketing da casa de leilões, Karl Green, reconhecendo que a peça foi vendida por "um preço justo" e revelando esperar que o dinossauro seja mostrado num lugar público.

"Quando os dinossauros morreram nos períodos Jurássico ou Cretáceo, muitas vezes perderam as cabeças durante a deposição (dos restos nas rochas). Na verdade, a maioria dos dinossauros é encontrada sem crânio", disse Nils Knoetschke, consultor científico citado no catálogo do leilão.

O T. rex percorreu a Terra há entre 65 e 67 milhões de anos atrás.

Um estudo publicado há dois anos na revista Science estimou que terão vivido na Terra cerca de 2,5 mil milhões de dinossauros.

As duas áreas de onde foram recuperados os ossos de Trinity também foram a fonte de outros esqueletos de T. rex leiloados, de acordo com Koller: o Field Museum of Natural History de Chicago comprou “Sue” há mais de um quarto de século e “Stan” foi vendido por há três anos.

Há dois anos, um esqueleto de triceratops, que o Guinness World Records declarou como o maior do mundo, conhecido como "Big John", foi vendido por 6,6 milhões de euros a um colecionador particular num leilão em Paris.

Continue a ler esta notícia