Um sismo de magnitude 7.0 abalou, este domingo, Port-Olry, em Vanuatu, no sul do Oceano Pacífico. De acordo com o Instituto Geológico dos Estados Unidos, que reviu a magnitude de 7.2 para 7.0, o terramoto aconteceu a 23 quilómetros oeste e a uma profundidade de 27,7 quilómetros.

Até ao momento não há relatos imediatos de danos ou baixas.

Apesar de o Sistema de Aviso de Tsunami dos Estados Unidos não ter sido emitido nenhum aviso de tsunami após o terramoto, a Reuters avança que podem ser registadas "ondas de tsunami" nas costas marítimas localizadas a 300 quilómetros do epicentro. 

"Ondas perigosas de tsunami são possíveis nas costas localizadas a 300 km de epicentro após o terramoto", avança a Reuters, que cita o Centro de Alerta para Tsunamis no Pacífico, adiantando que as ondas podem atingir os 0,3 a 1 metro acima do nível da maré.

Vanuatu alberga cerca de 280.000 pessoas e é propensa a catástrofes naturais, com meia dúzia de vulcões ativos, bem como ciclones regulares e terramotos.

Está situado no "Anel de Fogo" do Pacífico, um arco de falhas sísmicas onde os sismos são comuns.

CNN Portugal / AM