Sporting-Albergaria não teve explicação em tempo real das decisões do VAR - TVI

Sporting-Albergaria não teve explicação em tempo real das decisões do VAR

Sporting feminino (X Sporting CP)

Estreia em Portugal da nova medida estava marcada para este sábado, mas não houve lances que o justificassem no jogo da 4.ª eliminatória da Taça de Portugal feminina

Relacionados

A estreia da explicação ao público em tempo real das decisões do árbitro com intervenção do videoárbitro devia ter acontecido neste sábado no Sporting-Albergaria, mas o jogo, a contar para a Taça de Portugal feminina, não teve lances que o justificassem.

O jogo da 4.ª eliminatória da competição, que terminou com a vitória do Sporting por 8-0 acabou por não ter explicações, o que significa que a medida ainda não foi testada em contexto real.

Houve ainda um lance de grande penalidade que permitiu a Joana Martins fazer o 5-0 para o Sporting. A jogada esteve mais de cinco minutos a ser analisada pelo VAR, aparentemente por possível fora de jogo de Maísa Correia no início do lance, mas como não houve reversão da decisão inicial, não houve motivo para que a árbitra Catarina Campos explicasse a decisão, tal como, pouco depois, no 6-0 de Ana Capeta, que também foi alvo de análise do VAR.

Neste domingo, o Sp. Braga-Marítimo, também para a 4.ª eliminatória da Taça de Portugal feminina, será igualmente jogo com possibilidade de explicação ao público das decisões do árbitro com intervenção do VAR.

Continue a ler esta notícia

Relacionados