VÍDEO SEGUINTE
Descrição

"A eficácia da prestação social para a inclusão encontra-se comprometida". Provedora pede soluções urgentes ao Governo para pessoas com deficiência

A provedora de Justiça exige ao Governo soluções urgentes para o problema das juntas médicas, para pessoas com deficiências ou com doenças que as deixam incapacitadas. 

Recorde-se que estes doentes esperam entre um a três anos e meio para serem observados. No fim desse calvário, a Segurança Social ainda tem por hábito recusar-se a pagar-lhes os retroativos a que têm direito. 

3 abr 2023, 21:20
Últimos
Últimos