VÍDEO SEGUINTE
Descrição

Agricultor constituído arguido após protesto na A24 chega de trator a posto da GNR

O promotor da manifestação que cortou a A24 em fevereiro foi chamado para ser ouvido pela GNR e constituído arguido em Tarouca. O agricultor diz que está a ser vítima de uma injustiça. O crime de que está indiciado pode levar até cinco anos de prisão.

25 jun, 14:05
Últimos
Últimos