VÍDEO SEGUINTE
Descrição

“Ainda temos pessoas no fundo”. A cada metro cavado, a incerteza do desfecho: só nesta aldeia marroquina morreram 40 pessoas

Prosseguem os trabalhos para encontrar sobreviventes do terramoto em Marrocos. No terreno, sucedem-se as críticas à falta de meios e ajuda. Dezenas de aldeias estão arrasadas e teme-se que o número de vítimas mortais possa aumentar. Foi a esses trabalhos que assistiu a equipa da TVI e CNN Portugal.

10 set 2023, 20:26
Últimos
Últimos