VÍDEO SEGUINTE
Descrição

Alívio fiscal não entra no OE e "deixará de ser condicionante" para PS votar contra, diz Miranda Sarmento

O ministro das Finanças diz que as medidas fiscais previstas pelo Governo no pacote para estimular a economia não vão fazer parte da negociação do Orçamento do Estado para 2025 e vão entrar no Parlamento como diplomas autónomos. Miranda Sarmento não vê razões para o PS se opor ao OE, se as propostas para o IRC e o IRS Jovem forem aprovadas no Parlamento antes da discussão orçamental.

10 jul, 13:33
Últimos
Últimos