VÍDEO SEGUINTE
Descrição

Antiga assessora de Sá Fernandes vai receber 18 mil euros por seis meses de trabalho na Jornada Mundial da Juventude

Uma antiga assessora de José Sá Fernandes na Câmara Municipal de Lisboa vai receber 18 mil euros para acompanhar vários eventos da Jornada Mundial da Juventude. O antigo vereador da autarquia é o coordenador de uma equipa, criada pelo Governo, que está a organizar a visita do Papa.

O portal dos contratos públicos revela que o ajuste direto foi assinado há pouco mais de uma semana, mas também que a ex-assessora é bem conhecida de José Sá Fernandes. Foi assessora da sua vereação para a área da cultura ao longo de 12 anos, durante as presidências da autarquia de António Costa e Fernando Medina. 
Ao longo desse período, Marise Francisco assinou cinco contratos com o município num valor total de cerca de 491 mil euros e tal como agora todos foram decididos por por ajuste direto.

Os trabalhos previstos no novo contrato incluem a prestação de serviços de acompanhamento do evento Missa Inicial, receção ao Papa, Via Sacra e do evento principal (Vigília e Missa Final) da Jornada Mundial da Juventude marcada para o início de agosto.
Contactado pela redação da TVI/CNN Portugal, Sá Fernandes justifica esta despesa com a vasta experiência da ex-assessora, nomeadamente em "todos os grandes eventos realizados em Lisboa nos últimos anos". 

"Neste momento, em que se aproxima a data do evento, na fase de implementação, este reforço da equipa por 6 meses torna-se muito importante para garantir o sucesso da missão", refere o coordenador da comissão técnica do Grupo de Projeto para a Jornada Mundial da Juventude, acrescentando que a antiga assessora é uma "extraordinária profissional" e "será uma das pessoas chave face à sua experiência e conhecimento de todas entidades envolvidas".

1 abr 2023, 13:17
Últimos
Últimos