VÍDEO SEGUINTE
Descrição

António Costa prometeu vistos "imediatamente". Candidatos a trabalhar em Portugal sentem-se enganados

A promessa do primeiro-ministro português foi feita em Moçambique no início de setembro e chegou ao outro lado do Atlântico, no Brasil.

Os vistos para cidadãos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) deviam ser "imediatamente concedidos".

Milhares de brasileiros viram na nova lei portuguesa para estrangeiros uma oportunidade para mudar de vida e morar na Europa. Fizeram as contas, planearam e pediram o novo visto de procura de trabalho.    

O Exclusivo da TVI (do grupo da CNN Portugal) encontrou candidatos a imigrantes que venderam a casa que tinham e despediram-se do emprego.

Os meses passam e continuam sem autorização para voar para Portugal.  

20 fev 2023, 21:29
Últimos
Últimos