VÍDEO SEGUINTE
Descrição

Ataque a hotel em Pokrovsk "não configura crime de guerra". "Estando militares reunidos num determinado local, pode ser considerado um alvo militar legítimo"

Um hotel e um bloco de apartamentos foram atingidos por mísseis, em Pokrovsk, região de Donestk.

Apesar de se tratar de um local de descanso para militares, o major-general Isidro Morais Pereira diz que este ataque não configura um crime de guerra, uma vez que é “uma zona cinzenta”.

“Estando militares reunidos num determinado local, este alvo pode ser considerado um alvo militar legítimo”, explica.

7 ago 2023, 22:41
Últimos
Últimos