VÍDEO SEGUINTE
Descrição

CEO da TAP acusa Inspeção-Geral de Finanças: foi ou não ouvida pessoalmente?

E ex-presidente-executiva da TAP, Christine Ourmières-Widener, veio dizer que se sentiu discriminada pela Inspeção Geral de Finanças. E, claro, também vai avançar para a Justiça.

Garante que foi a única que não foi ouvida presencialmente, mas a IGF garante que sim.

9 mar 2023, 21:42
Últimos
Últimos