VÍDEO SEGUINTE
Descrição

Chefe da diplomacia europeia diz que "Netanyahu não ouve ninguém"

"Todos vão a Telavive implorar: 'por favor, não façam isso, protejam os civis, não matem tantos'. Mas Netanyahu não ouve ninguém", afirma Josep Borrell, representante da União Europeia para Negócios Estrangeiros. "Em 2006, na guerra com o Líbano, os Estados Unidos tomaram a decisão de interromper o fornecimento de armas a Israel, porque Israel não queria parar a guerra. Exatamente o mesmo que acontece agora. Por isso, se a comunidade internacional entende que isto é um massacre, que demasiadas pessoas estão a morrer, então talvez tenham de repensar o fornecimento de armas."
 

12 fev, 22:14
Últimos
Últimos