VÍDEO SEGUINTE
Descrição

GNR agride com violência homem que fazia chamadas eróticas à sua amante. MP pede prisão efetiva

O Ministério Público pede uma pena de prisão efetiva de, pelo menos, quatro anos para o militar da GNR de Tabuaço que terá agredido um homem por ciúmes.

Para o MP, o militar armou uma cilada à vítima, porque fazia chamadas eróticas para a mulher com quem tinha um caso amoroso

20 jun, 15:38
Últimos
Últimos