VÍDEO SEGUINTE
Descrição

Grupo criminoso reivindica morte de candidato a presidente do Equador: "Vai repetir-se enquanto os corruptos não cumprirem a sua palavra"

Um grupo criminoso ligado ao tráfico de droga já reivindicou o atentado que matou um dos candidatos à presidência do Equador. O país entrou em estado de emergência por 60 dias.

10 ago 2023, 15:21
Últimos
Últimos