VÍDEO SEGUINTE
Descrição

Há uma nova bomba de insulina inteligente, mas custa 3 mil euros e a manutenção mensal 500 euros - e, por isso, não está (ainda) acessível para todos

Os diabéticos podem ter uma vida bem melhor e tudo graças a uma bomba inteligente de insulina, à qual já se dá o nome de Pâncreas Artificial.

Este aparelho inovador, que permite que os doentes vivam mais tempo com qualidade de vida, já é usado em vários países do mundo - no Reino Unido há até comparticipação -, mas por cá ainda não. Esta bomba custa três mil euros e a manutenção mensal 500 euros - e, por isso, não está (ainda) acessível para todos.

A Assembleia da República está à espera de um grupo de trabalho do Ministério da Saúde, que já se atrasou um mês na apresentação do seu relatório final.

1 mai 2023, 21:12
Últimos
Últimos