Hospital militar: Gomes Cravinho foi informado da derrapagem de milhões de euros - mas nada fez

João Gomes Cravinho foi informado que as obras no hospital militar de Belém iam custar muito mais que o previsto, mas nada fez para travar a derrapagem, que acabou depois por ser superior a mais de 2 milhões de euros.

O atual ministro dos Negócios Estrangeiros estava com a pasta da defesa no anterior governo socialista.

Sobre "Jornal da Uma"