VÍDEO SEGUINTE
Descrição

Julgamento do caso EDP adiado novamente

Foi novamente adiado o início do julgamento do processo EDP, desta vez por causa da greve da função pública. Manuel Pinho, que está em prisão domiciliária em Braga, pediu respeito à saída do tribunal. 

Já a defesa de Ricardo Salgado considera que não se pode culpar as greves num caso que teve um inquérito que durou mais de dez anos. 

6 out, 15:22
Últimos
Últimos