VÍDEO SEGUINTE
Descrição

Kremlin diz que terroristas que atacaram Moscovo foram ajudados por serviços secretos de países ocidentais

A Rússia já tinha acusado a Ucrânia pela autoria, pelo menos moral, do atentado que matou 139 pessoas em Moscovo. Mas nas últimas horas surgiu uma alegação surpreendente. O chefe do FSB, a secreta russa, afirmou que os terroristas tiveram ajuda dos serviços secretos de países ocidentais.

26 mar, 21:06
Últimos
Últimos