VÍDEO SEGUINTE
Descrição

Lei da Amnistia: juíza perdoa crime a homem de 32 anos que conduzia embrigado

A propósito da lei da amnistia, a juíza do Tribunal da Marinha Grande perdoou um homem de 32 anos pelo crime de condução em caso de embriaguez.

Apesar de ter mais de 30 anos, a magistrada entende que o arguido deve beneficiar da amnistia por estar em causa o princípio da igualdade.

26 out, 22:47
Últimos
Últimos

EM DESTAQUE