VÍDEO SEGUINTE
Descrição

Mais de um milhão e meio continuam sem médico de família. E é nestas regiões que a situação mais se agrava

O número de portugueses sem médico de família não para de aumentar. Em abril deste ano, mais de milhão e meio de utentes não tinham ainda um clínico atribuído. O Alentejo é a região onde esta tendência mais se agravou, mas é em Lisboa que há mais pessoas sem médico de família.

20 mai, 21:26
Últimos
Últimos