VÍDEO SEGUINTE
Descrição

Maternidade tardia e o congelamento dos óvulos. "Traduz o que é a realidade da sociedade atual"

Mais de 900 mulheres saudáveis congelaram óvulos em 2023. Trata-se do número mais elevado desde que há registo, avançou o jornal "Expresso".

"Em 2018, tínhamos 150 mulheres a recorrer a esta técnica", mas sobretudo por razões diferentes das atuais. "Seria por patologia", explica o médico obstetra Fernando Cirurgião.

A instabilidade financeira e/ou afetiva é uma das razões para o adiamento da maternidade. Isso leva a que as mulheres recorram cada vez mais à criopreservação dos seus óvulos

- impressiona este número?
- qual é a explicação para este aumento de procura? a necessidade de adiar a maternidade pode ser um dos fatores para este aumento?

- a Criopreservação de óvulos não é "garantia absoluta" de gravidez?

 

13 jun, 10:47
Últimos
Últimos