VÍDEO SEGUINTE
Descrição

"Não foi decidida nenhuma absolvição mas o juiz não encontra indícios de corrupção"

Os cinco detidos no âmbito da Operação Influencer vão sair em liberdade, depois de o juiz de instrução ter contrariado o pedido do Ministério Público, que queria prisão preventiva para Diogo Lacerda Machado e Vítor Escária.

O diretor-executivo da CNN Portugal Pedro Santos Guerreiro analisou a decisão que,  apesar de não absolver nenhum dos arguidos, mostra que o juiz “não encontra indícios de corrupção”, algo que não é bom para a imagem do Ministério Público.

13 nov 2023, 16:54
Últimos
Últimos